Órgãos Genitais Masculinos

Pênis

Órgão sexual masculino. Seu tamanho varia muito de pessoa para pessoa.

O pênis é formado por dois corpos cavernosos, um é o corpo esponjoso e o outro a glande.

A glande por sua vez é responsável pela transmissão das sensações de prazer, ela é muito irrigada por sangue e possui inúmeras terminações nervosas.

O corpo cavernoso possui inúmeros espaços, como se fossem cavernas. Quando ocorre a excitação, as artérias se dilatam e logo o sangue inunda essas cavernas e uma forte pressão impede sua drenagem através das veias. É assim que o pênis fica ereto - duro.

É bom lembrar que assim como todo nosso organismo é comandado pelo Sistema Nervoso Central, a ejaculação e a ereção podem podem sofrer interferência do seu psiquismo.

Testículos

Saco, ovos, bolas, seja lá o nome que se dê, o fato é que eles são os testículos. Eles são as glândulas sexuais, ou seja, o par de gônodas que estão dentro do saco escrotal.

Essas gônodas são formados por aproximadamente 900 túbulos seminíferos. O que é isso? São minúsculos canais onde são produzidos as espermatozóides.

Para produção dos espermatozóides, é necessário uma temperatura adequada, e é então que entra o papel do escroto, ele funciona como um termostato. É assim, quando está calor, os testículos ficam mais baixos dentro do saco, e quando está frio, ele encolhe para ficar mais perto do corpo.

A cada ejaculação, são mais ou menos 400 milhões de espermatozóides são enviados a aproximadamente 3 a 5 ml de sêmen.

É função também dos testículos secretar a testosterona, que é o hormônio sexual masculino, responsável pelo desenvolvimento das características sexuais.

Epidídimo

É um longo túbulo enovelado, no formato da letra C, que fica sobre cada testículo. Os espermatozóides passam por ali durante sua maturação. Somente quando acabam de atravessar os 6 metros de extensão, estão capazes de fecundar um óvulo.

Ducto deferente

É o canal que conduz os espermatozóides do epitídimo até a uretra. Ele também é o local onde os espermatozóides ficam armazenados antes da ejaculação. Eles podem permanecer férteis ali por até um mês.

Se durante esse período não houver a ejaculação, serão eliminados através da pulsão noturna.

Vesícula seminal

São duas bolsas em forma de saco que enviam para a parte superior do canal deferente o líquido seminal. Amarelado e viscoso, o líquido se junta aos espermatozóides e tem a função de nutri-los.

Próstata

É uma estrutura muscular que envolve a uretra, logo na saída da bexiga. Seu tamanho é variável.

No período imediatamente anterior a ejaculação, a próstata libera um fluido leitoso e alcalino para se unir ao líquido liberado pela vesícula seminal e neutralizar sua acidez. Esse fluido ativa os espermatozóides e estimula sua mobilidade. O encontro acontece na uretra prostática, parte do canal que corta o interior da próstata, e dele resulta o sêmen, também chamado de esperma. A presença de sêmen na uretra prostática ativa a ejaculação: A próstata é contraída junto com o músculos situados a raiz do pênis e empurram o esperma para frente, com força.