Infertilidade

Para que um óvulo sofra um ataque por espermatozóide e finalmente um deles consiga penetrar, caracterizando a fertilização, acontecem uma série de eventos envolvendo diversos órgão e hormônios, numa relação harmônica e complexa.Após a fertilização, com a formação do embrião, este tem que ser transportado através da trompa uterina até o interior do útero, o qual deverá estar apto a recebê-lo, dando início à Gravidez.

Em linhas gerais, assim se pode descrever um evento de sucesso na obtenção de uma gravidez:

No sistema nervoso central existe uma região conhecida como hipotálamo. É ela quem libera o hormônio GnRH, o qual atuando na glândula Hipófise,também localizada no cérebro, promove a liberação de dois outros hormônios: FSH(Hormônio Folículo Estimulante) e o LH(Hormônio Luteinizante).Na primeira fase do ciclo, o FSH estimula os Ovários, sendo que um deles responde produzindo um folículo, no interior do qual existe um Óvulo. O folículo em crescimento,sob efeito do FSH,terá o seu óvulo amadurecido e passará a secretar um outro hormônio(Estradiol)que desempenha importante papel no ciclo reprodutor. É ele quem prepara o útero para receber o Embrião e promove a secreção do chamado muco cervical(eliminado pela vagina no período fértil), o qual protege e nutre os espermatozóides depositados numa relação sexual.

Estando o folículo maduro, o LH promove a liberação do óvulo para ser fecundado.Uma vez tenha ocorrido a postura ovular - Ovulação- o óvulo é captado pela trompa uterina, onde deverá ocorrer a fertilização, caso exista espermatozóides disponíveis ali. Com a formação do embrião ,ele passa a ser transportado através da trompa, em direção ao útero, onde se fixa(implanta), dando início à Gravidez.

SÍNTESE DO EVENTO DE SUCESSO:

1- Hipotálamo estimula a Hipófise.

2- A Hipófise responde produzindo o FSH e LH.

3- Folículo de boa qualidade é desenvolvido sob ação do FSH, liberando Estradiol.

4- O Estradiol prepara o muco cervical para proteção dos espermatozóides,ao mesmo tempo que prepara o útero para receber o futuro embrião.

5- Ocorre relação sexual no período fértil, com deposição de espermatozóides saudáveis na vagina.

6- Espermatozóides atingem as trompas, onde encontrando um óvulo o fertiliza, formando um Embrião.

7- O Embrião viaja através da trompa até o útero onde se fixa, iniciando uma gravidez normal que deverá continuar até o parto.

Infertilidade. Ocorrendo todos os passos acima descritos, a possibilidade de obtenção de gravidez em cada mês, mesmo em casais jovens e normais, não supera 25%. Em outras palavras: A Taxa mensal de gravidez normal na espécie humana nos coloca como subférteis ,quando comparada com o observado em outros animais, bovinos por exemplo.

Como pode se perceber apartir da descrição acima, algum defeito pode ocorrer em uma ou mais dessas fases, impedindo a obtenção da gravidez, ou favorecendo o seu aborto.